Relatos: Viagem Disney 2013 - Dia 2: Magic Kingdom


O Magic Kingdom é um parque para um dia inteiro de visita, sendo essencial chegar cedo, para poder aproveitar as principais atrações sem fila.

*Dica Nerdcore: sempre agende seus Fast Passes para a parte da tarde, pois pela manhã é possível ir a todas as atrações, praticamente sem filas.


Chegando ao parque (no qual não pagamos estacionamento, pois estávamos hospedados na Disney), conferimos a cerimônia de abertura do parque:

"Welcome, welcome, welcome

Welcome, welcome, welcome

A kingdom full of endless dreams for every girl and boy Wondrous lands of make-believe will fill your heart with joy A castle leads the entrance way to seven lands and more Step inside our story book, imagine what’s in store!

It’s all pure magic, wrapped up in pixie dust welcome to a place where dreams come true A timeless journey through lands of fantasy Where only a wish creates things like this to appear The most magical place on Earth is here!" Main Street USA (réplica de uma cidadezinha americana da infância de Walt Disney):

Um dos souvenirs mais chocantes que encontramos foi esse jogo de canecas do ano de 2013. Como estávamos hospedados na Disney, a própria loja as encaminhou para nosso Hotel. Muito prático:

*Dica Nerdcore: sempre programe seu roteiro no sentido anti-horário dos parques. A maioria das pessoas faz o sentido horário, de modo que seguindo o sentido oposto, você sempre pegará as atrações com menos filas.


SPACE MOUNTAIN:

Começamos nossa jornada pela Space Mountain, porém, confesso que a subestimei, em razão da idade da atração (foi inaugurada em 1975, ou seja, quatro anos após a abertura do parque), e deixei meu filho ir no primeiro assento. Foi a primeira vez dele numa montanha russa e tenho certeza que ele jamais esquecerá dessa aventura pela escuridão do espaço.


Aliás, a Space Mountain e tudo à partir desse dia nesses parques nos ensinou a jamais subestimar a Disney, pois tudo que vivenciamos superou, e muito, nossas melhores expectativas. Atrações que nos pareciam mais simples na teoria provaram-se experiências verdadeiramente intensas, nos fazendo entender a razão pela qual esse é o destino turístico número 1 do mundo.


E o melhor: todas as atrações tem trilha sonora:

BIG THUNDER MOUNTAIN:

"Mas é só um trenzinho". Essa era nossa impressão baseada na descrição da atração e ao avistá-la de longe. A fila, formada por pessoas de todas as idades, de crianças pequenas acompanhadas de seus pais a casais e grupos de idosos, nos passou a impressão errada de que se tratava de uma ride bem tranquila. Longe disso, como você pode perceber pelos gritos! Simplesmente imperdível.

A Big Thunder Mountain foi, também, uma aula sobre a cultura americana, pois passamos a perceber que os americanos, não importa a idade, não se privam da diversão proporcionada por esses parques, indo a todo tipo de atração, especialmente as mais radicais.


Momento Skies of Arcadia, na lojinha dos Piratas do Caribe:

CELEBRATE THE MAGIC: Show de projeções que antecedia o Wishes (queima de fogos, substituída atualmente pelo Happily Ever After). Assista e entenda de onde veio o conceito do Microsoft Ilumiroom. Participação especial de Wreck-it-Ralph:

WISHES: Por mais que as atrações tenham nos impressionado (superando, de longe, nossas melhores expectativas, como tudo na Disney), não é exagero dizer que nada se compara a Wishes. A imersão no mundo de fantasia criado por Walt Disney é perfeita, aliando sons, cores, luzes, projeções, música e fogos de artifício, num espetáculo inigualável.

Conseguimos um lugar privilegiadíssimo, poucos metros à frente das estátuas de Walt Disney e Mickey, faltando cerca de 40 minutos para os espetáculos que antecedem Wishes começarem. Local simplesmente perfeito e que nem sonhávamos que iríamos conseguir, face à lotação do parque nesse dia. Para nós, mas especialmente para meu filho, que fazia aniversário nesse dia, foi uma experiência simplesmente inesquecível:

Depois de assistir Wishes, aproveitamos o ensejo e compramos a trilha sonora oficial, à venda exclusivamente nos parques e nas lojas dos hotéis da Disney (na época): 

Restaurante da noite: Planet Hollywood

Contudo, como era aniversário do meu filho, passamos rapidamente na loja da Lego, para que ele comprasse os sets que tanto queria. A loja é enorme e, como tínhamos reserva no Planet Hollywood em um horário muito próximo, pedi que ele fosse rápido. Pegou os três sets que queria e levou ao caixa, que perguntou a ele se era apenas para saber o preço, o que foi prontamente respondido "Não, vou levar os três", para espanto do americano. O dólar da época permitia. :-)


Alguém dormiu bem feliz naquela noite:


Procurar por Tags

Veja mais na:

Central NerdCore

  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Conheça também:

Sound Test

© 2015 "NERDCORE BRASIL"